Procura-se

Alguém que eu não conheço comentou no meu post sobre a Solteirice. Fiquei intrigada.

Como geminiana, jornalista e tudo o mais, sou muito, muito, muito curiosa. O comentário sem rosto definido tinha um link, nem pensei que poderia ser um vírus, fui logo clicando desenfreadamente como sempre, “no regrets”, bem no jeito Ericka de ser.

Felizmente o link me levou para um blog bem interessante e divertido e para um post ainda mais interessante, divertido e curioso, que, em poucas palavras, falava sobre a insatisfação das mulheres em relação aos homens e o que elas procuram neles ao longo da vida. Pensei nos meus relacionamentos passados e me enxerguei  naquelas letras. Posso até me enquadrar no grupo daquelas que atualmente procuram um homem estável, embora estabilidade para mim soe como uma coisa monótona e sem graça.

Chega de monotonia e sem gracisse.

Pegando o gancho do texto e de uma conversa que tive ontem com uma das minhas melhores amigas, as mulheres só querem algo avassalador e decente. Perturbador, mas constante. Podem parecer palavras opostas, como o comentarista misterioso do meu blog disse sobre “Solteirice e Tédio”,  mas não são. E se não for pra morrer de amor e continuar vivendo, prefiro continuar sozinha e feliz.
Coisas mornas me fazem vomitar.

Para ler ouvindo:  Segredos – Frejat

[youtube=http://br.youtube.com/watch?v=DrXa82roFS0]

Você também pode ler

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *