falta alguma coisa.

Um amigo meu (mais um) andou reclamando da namorada. Disse que o sexo é ótimo, mas que ela e ele são pessoas completamente diferentes. Não conversam mais, não se divertem com as coisas bestas e pra agravar o quadro todo, moram longe um do outro. Ele aqui e ela lá, com os pés pertinho da praia, cheia de músicas ao vivo nos barzinhos, chopp nas calçadas e coisa e tal.

Achei engraçado constatar uma coisa sobre os homens que eu já muito ouvia falar, mas que nunca tinha realmente estado próxima: só o sexo, não basta. É fundamental que ele esteja lá e seja bom, é fundamental e, talvez, até uma parte importante da coisa toda, mas não é tudo. Aliás, não é nada se não houver todo o resto embutido, os carinhos e beijinhos sem ter fim, as tolices, os planos e a troca verdadeira de idéias.

A conversa, mais que o tesão, é o alimento de todo o bom relacionamento. Você pode amar uma pessoa, pode achá-la incrivelmente atraente, pode ter pele e  aquele furor incompreensível quando estão juntos, mas se não tem afinidade cerebral, não adianta.  Se não, seríamos iguais a qualquer outro animal vivente, não é mesmo?

Você também pode ler

3 Comentários

  1. Claro! Concordo! Acho que, como uma vez conversei com um amigo meu, beleza vai embora, mas, as conversas, a afinidade, as risadas… tudo isso fica.

  2. Com certeza.
    Acho que os homens tem mudado bastante e temos que ficar de olho bem aberto quando algo esta acontecendo de errado, para que possamos repensar e até mesmo mudar.
    Beijos
    Rose

  3. Menina, adorei o seu blog… Ainda não conhecia e já adicionei nos meus feeds pra acompanhar sempre!
    Obrigada pela visita ao meu!
    Concordo com o seu post… homem que é homem de vdd pensa assim mesmo, muleke se conforma somente com a parte do sexo.
    Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *