efeito você.

Te dar boa noite antes de dormir. Verificar se você chegou bem em casa. Perguntar sobre a sua família, mesmo sabendo sobre tudo o que tem acontecido com ela. Saber se mais alguém experimentou o bolo de chocolate com cobertura de brigadeiro que eu deixei na pia da sua cozinha. Retomar, item por item, todas as coisas que eu esqueci espalhadas pela sua casa e preciso reaver. Ter certeza de que você também sente essas mesmas saudades. Ter certeza de que você também me ama. Ter certeza de que tenho mais valor que as outras pessoas que estão ao seu redor. Ter  certeza de que você gostaria que eu continuasse aí, contigo. Ter certeza dessas coisas que a gente nunca vai ter certeza factualmente, mas adora sentir que tem. Adora achar que tem.

Tem dias que nada disso é importante. Mas às vezes a gente precisa de um chão. De um afago a mais, de um mimo a mais, de um carinhozinho inho inho a mais. Coisa pouca, sabe?

Pra lembrar como é bom ter por quem se importar além da gente.

Pra lembrar que tudo, no final das contas, vale a pena.

Você também pode ler

2 Comentários

  1. Ahhh saudades de sentir tudo isso!

    E saudades de você também!
    Assumo que ando sumida, mas estou meio chatinha e antissocial (agora é junto mesmo?! fui checar no dicionário, mas achei que ficou TÃO feio, às vezes acho que terei enormes dificuldades em me adaptar a essa “nova” ortografia).

    Espero que esteja tudo bem com você, xuxu!
    Se cuida! =*** see ya! o/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *