é só questão de ser.

É preciso desencanar para ser feliz. Esquecer das contas que vão vencer no final do mês, dos quilos a mais e do chefe sem graça. Quem foi que disse que ser adulto é perder todos os prazeres da vida? Ria dos próprios tombos e pare de se preocupar em agradar os outros o tempo inteiro. O cliente não gostou? A gente refaz. O professor deu nota vermelha? Na próxima dá pra recuperar. O carro quebrou? Parcela e conserta. A chuva torrencial cai e seca. Pra tudo há solução.

Não entendo quem vive sempre com gravidade, como se estivéssemos perto do Apocalipse. Essa urgência por terminar o relatório, essa urgência pelos resultados, por dinheiro, pelo futuro. Não temos mesmo o pode de acelerar nada, porque insistir?

Desejo a você doses finitas de felicidade memorável, porque gente alegre o tempo inteiro é irritante. Poucos e bons amigos no bar e muitas horas de sono. Cheiro de chuva com pipoca, guaraná e um filme bacana pra assistir de pijama, jogado no sofá. Doce de leite. Chá gelado. Banho de cachoeira, risada de criança e alguma aventura inconsequente, pra apimentar.  Não seja sério o tempo todo, sensato o tempo todo, racional o tempo todo.

Cansa.

Não tente corrigir-se, programar-se, planear-se, prever, rever, reviver, deixar de viver. Mas também não perca a responsabilidade. Dá pra contrabalancear. Deixe a vida ir um pouco, sem crises, com cheiro de laranja lima. Maturidade exige mesmo suas crises e é por isso que tem gente por aí levando a vida com gosto de banana verde, falta um tempinho maior pra absorver aquela parte que aperta na língua e evoluir.

A felicidade é breve, já cansei de dizer. Mas ninguém disse que não pode ser constante.

Texto criado para a tag Seu texto no blog, do Garotas Dizem – http://www.garotasdizem.com/

 

Você também pode ler

2 Comentários

  1. Sinto que esse texto foi pra mim? Agora vc tambem tem poderes telapaticos e lê pensasamentos?
    Muito bom o texto. E muito adequado pro dia de hoje (:
    Parabens!

  2. Era disso que eu tava falando, Girl! Leu meu pensamento também, amei e concordei total! (mesmo que às vezes a gente precise repetir isso para a gente mesma)
    É isso aí!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *