Blogagem Coletiva: Os 10 discos da minha vida

OLAAAARRRR, malemolente leitor! Como anda essa força?

Como já deu pra sentir pelo tom desse post chegamos em ABRIL! U-Hu! E o que isso significa??? BLOGAGEM COLETIVA! \o/ YEÁ YEÁÁÁÁÁ!!!

Permaneço mantendo forte o compromisso de escrever em parceria com toda aquela gente LYNDA do Rotaroots! Se você ainda não sabe do que eu estou falando e chegou agora nesse blog, vai lendo até o final, com força fé e foco que já, já você vai entender qualé que é, certo? #VEM

O tema desse mês é: 10 discos que marcaram a minha vida. Como todos sabem, sou filha dos anos 90. Gugu Liberato moldou me caráter, Netinho de Paula cantava pra eu dormir. A Dança da Garrafa era o ponto alto das festinhas de aniversário e sim, caros amigos, A GARRAFA ERA APENAS UMA GARRAFA. E só. Sem duplos sentidos, sem sacanagem, só eu, as crianças remelentas, as mamães mais empolgadas e as ordinárias requebravam no salão. Percebam, então, que minha vida foi regada a muito batuque e pouca música sacra e creio que isso fez de mim uma pessoa mais tolerante e menos cheia de mi mi mi, falando sério.

Afinal, por mais que digam por aí que a objetificação da mulher foi reforçada com os inúmeros axés e pagodes destinados à traição e à sacanagem em meados de 91, com 8 anos de idade sacanagem mesmo era pedir gole de Yakult e dividir paçoca Amor. Nada mais, nada menos que isso. Não fiquei traumatizada, tive a sorte de não ter absorvido nada disso como abusivo e imoral e, olha, tenho registros magníficos de festas com palhaços que se tornaram um verdadeiro Clube das Mulheres. Vou dar uma busca na minha casa santista e inserir aqui essas imagens maravilhosas pra vocês a posteriori, ok?

Da infância para a adolescência no litoral poucas coisas de qualidade da cultura pop internacional e da música popular brasileira de verdade reinaram firmes no Meu Primeiro Gradiente. Vivi uma época em que ansiedade era esperar pra ver Backstreet Boys e Spice Girls no Top 10 MTV – já nem lembro mais se era esse o nome do programa – e que apesar de tanta tranqueira audiovisual absorvida, foi da Marisa Monte o primeiro CD que eu adquiri e passei a idolatrar daquela época até hoje, uma maravilha hypster descoberta logo cedo.

No meu tempo se gravava fita K7 do rádio, com a seleção musical que mais convinha. Joven Pan era parceira fiel, reinava no meu coração, e apesar de eu tentar esconder minha cultura musical classe E com Charlie Brown Jr, Raimundos, CPM 22 e outras cositas nessa pegada foi o Exaltasamba (e ainda é) a bandinha que faz meu corpo balançar. E Raça Negra, SPC, Pixote, Belo e tudo o mais que envolver o mínimo de dêre dêre e laiá laiê que possa compreender nossa vã filosofia.

No mais, chega de conversinha fiada e histórias emocionantes. Segue minha lista dos álbuns que marcaram a minha vida – e tenho certeza que a sua também –  incluindo, obviamente os ídolos teen Sandy e Junior <3 que continuam vencendo as 4 Estações da minha vida adulta. Segue:

1 – Mais – Marisa Monte
2 – Na Cabeça e na Cintura – É o Tchan
3 – Acústico MTV Lulu Santos – Lulu Santos
4 – As Quatro Estações – Sandy e Junior
5 – Só no Forevis – Raimundos
6 – Bocas Ordinárias – Charlie Brown Jr
7 – Na balada Jovem Pan 5 – (diversos cantores de baladinha do meu tempo!)
8 – Backstreet Boys – Backstreet Boys
9 – Stripped – Christhina Aguilera
10 – Ao Vivo Na Ilha Da Magia – Exaltasamba

BONUS: Oops… I Did It Again – Britney Spears
BONUS 2: Netinho Ao Vivo – Netinho

Um beijo e obrigada por ter chegado tão longe nessa postagem!

Ericka.

 

Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots, um grupo de blogueiros saudosistas que resgata a velha e verdadeira paixão por manter seus diários virtuais. Quer participar? Então faça parte do nosso grupo no Facebook e inscreva-se no Rotation.

Você também pode ler

28 Comentários

  1. Ollaaaaaaaaar Ericka!

    SOCORRO ESSE TOP10

    mais verdadeiro
    mais puro
    mais marcou de verdade
    mais cantei em excursão
    mais não vou pagar de cult
    mais recuerdos de karaokê <3

  2. Já falei que adoro a forma como você escreve? Impossível nao sorrir e se sentir em casa, hahaha.
    Adorei os temas desse mês e já vou correndo preparar meus posts 🙂
    Beijo

  3. Meu primeiro cd foi do Hanson. E meu primeiro disco foi o Xou da Xuxa 2.
    Mas o mais engraçado é que tem coisas que reinaram na minha adolescência que apenas AINDA fazem parte da minha playlist diária. <3

  4. ahhh vc é demais!
    Nessa época de ouro das letras de duplo sentido, a gente era tão inocente que nem se tocava né, kkk. Fase booua!
    Eu tb tenho um do Charlie Brown na minha lista <3
    Quer dizer, na minha mente porque a lista não saiu ainda.

  5. Impossível não ouvir mentalmente todas as músicas que você citou no post! Plmdds ficava com ódio quando tava gravando a música na fita, e quando tava acabando, vinha o locutor e falava qualquer coisa ¬¬

    E sim, dancei na boquinha da garrafa, passei por debaixo da cordinha e diga onde você vai, que eu vou varrendo… Melhor época da vida! ♥

    Agora o Stripped da Xtina…………… ♥ You’re beautiful, no matter what they say… Words can’t bring me doooooooooooooowwwwnnnn! Ai, minha adolescência.

    Adorei tudo!
    Um cheiro! ♥

  6. KKKK!

    A infância dos anos 90 dançou muito É o Tchan mesmo!

    Da sua lista, só conheço mesmo + da Marisa e As Quatro Estações de Sandy e Júnior; aliás, tenho os dois CDs em algum lugar da minha casa!

    Amei seu post!

    Beijinhos e até!

  7. Não consigo nem dizer o quanto me identifiquei com o post, eram bons tempos… mas até hoje não entendo como minha mãe me ~deixava~ gostar do é o tchan xD

  8. Tô contigo e não abro! Somos todas formadas na escola dominical de caráter do Sr Liberato. AIEUHAOEIUAHEOIAUHE.

    Que saudade dessa época e dessas músicas, pqp! Hoje em dia lembro das obscenidades que eram as músicas que a gente cantava/dançava naquela época e a gente nem aí, nem sabia o que era! Queria era dançar e pular igual cabrito. aieouhaeiouah

    :***

  9. Que tema bom de fazer né? Com certeza é uma viagem no tempo, ainda não fiz o meu mais já faço, adorei a sua listinha.

  10. Também fazia isso da fita K7! Às vezes ficava horas no rádio, só esperando aquela música tocar para poder gravá-la! Depois, juntando um dinheirinho, pude começar a comprar cds e ficar revezando-os no discman, mas as tardes que eu passava gravando músicas do rádio eram realmente divertidas.

  11. Eu nem li ainda todos os links do rotaroots, mas de cara já sei que esse foi o melhor sobre os discos!! ahaha suuuuper verdadeiro!!

    da até *vergonha* de lembrar…. hauahuha

  12. HAHAHAHAHAA Dei muita risada com seu post. Realmente, infância anos 90 foi outro nível, né? Eu tinha uniforme de loira do Tchan e bambolê da Carla Perez, isso sim constrói nosso caráter! E, assim como você, apesar disso tudo também descobri coisas ~inteligentes~ no meio do caminho, como Marisa Monte (adoro o Mais!) e Lulu Santos, mas nada como Sandy Junior e Raimundos na nossa vida, né?
    Beijo!

  13. Adorei sua lista, esse do Só Pra Contrariar eu ouvi até! Era um dos meus preferidos junto com Raça Negra xD Bjs!

  14. hahahaha ri muito com o começo do seu post… onde vc encontra esses gifs SUPER ENGRAÇADOS? hahahahaha
    adorei sua seleção de discos marcantes… pra mim, muitos desses tb tocaram até quase furar lá em casa 😛

    bjos

  15. Ri muito dessas gifs loucas! rsrs
    Olha, me identifico muito com a tua juventude: “Vivi uma época em que ansiedade era esperar pra ver Backstreet Boys e Spice Girls no Top 10 MTV ” Podia ter sido escrita por mim essa frase! Várias festinhas de 15 anos dançando “Diga onde vc vai que eu vou varrendo”. LOL
    Cheguei aqui pela indicação do post da Re (Mulher Vitrola). Muito legal o seu blog!

    Abraço!

  16. Me identifiquei muito com o seu post, várias dessas bandas fizeram parte da minha infância e adolescência.
    Beijos

  17. Adoro que todo mundo está botando Sandy & Jr <3 HAHAHAHA
    Stripped, a época que a Xtina era magrinha <3 <3 (eu gosto mais do Back to Basic e do mais novo Lotus).

  18. Amei! também sou dos inícios dos anos 90 e me identifiquei muito com seu post, musicas e sentimentos desses nossos “”anos dourados”, mais prateados que dourados na real pelo avanço da tecnologia, mas inesquecíveis

  19. Eu tô é MORTA com esse post HUIAEHAIHEAIEIUAAHEIUAEIUAEUIHEUIHEUEHIUH nós, dos anos 90, nos sentimos homenageadas com esse post. Hipervitaminosa me representa! ♥

  20. Hahaha, super me identifiquei com suas escolhas!
    Gente, se tocar SPC ou Raça Negra sou a primeira a cantar e olha que nem sou fã, é que realmente foram bandas que fizeram parte da nossa história. Todo mundo sabe cantar uma música deles.
    Sandy e Junior também foi uma das minhas escolhas, mas outro CD que é especial pra mim.
    Spice Girls <3 <3 <3
    Também tive CD do É o tchan! Hahaha… dançava todas!

    Saudades, tempo bom.

    beijos*

  21. A lista mais verdadeira que já vi, rs!
    Poxa, também sou de 90 e tudo isso ai eu vi/ouvir/dancei kkkk #vergonha
    Adorei to indo lá fazer a minhas lista kkkk!

  22. CARAMBA, achei que só eu tivesse ouvido Britney a ponto de marcar como parte da vida. hahahaha Só não entro pra minha lista, pois eu comprei o CD dela por comprar, não tem uma mega história por trás, sacas? haha
    Beijão

  23. MEUDEUSODOCÉU!

    Ri muito, mesmo. Acho que qualquer pessoa que teve sua infância nos anos 90 sentiram a mesma emoção (tenho uma fita da minha tia e eu dançando “A Dança da Garrafa” e melhor coisa não há!).
    Top 10 maravilhoso, precisa de mais nada não haha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *