Blogagem Coletiva – 14 coisas para ser em 2014

Está meio tarde para fazer esse tipo de postagem, eu sei. Mas entrei há algumas semaninhas no Rotaroots, redescobri uma gente muito linda, muito de verdade, que escreve coisas que realmente fazem SENTIDO pra mim e firmei um compromisso (da minha pessoa comigo mesma!!) de que vou participar de TODAS as blogagens coletivas de 2014. Então, jovens, mesmo que janeirinho esteja aí, dando tchau pra molecada, aqui vão as 14 coisas que eu desejo ser neste belíssimo ano, bem pessoais mesmo, porque, afinal, blogs de textos gigantes e reflexivos como o meu são para isso, não é?

POIS AÍ VAI:

1- Ser menos ansiosa

Sou frenética, tô sempre em ritmo de festa, neurótica, maluca, alucinada. Mesmo. E caem meus cabelos, e eu num consigo comer direito, e tomo 7263744647 mil litros de café. Acho que preciso parar. Mesmo.

2 – Ser mais fiel às minhas próprias vontades

É sábado à noite. Todo mundo te chama pra sair. Todo mundo quer que você ponha um vestido lindo, curto e vá pra boatchê. Aí você vai, com preguiça, cansada da semana, de saco cheio, escutar horas de música alta porque a sociedade impõe. Igual comer alface. Ninguém gosta de comer alface, gente. Ninguém. Logo, para 2014 quero seguir mais meus próprios desejos e menos aquilo que os outros esperam de mim. Né? Vai fazer bem.

3 – Ver mais os amigos de verdade

Vivo entre dois mundos, Santos e São Paulo, faz 7 anos. Quando estou na capital, sinto falta do litoral. Quando estou no litoral, sinto falta da capital. E quando consigo decidir se vou pra lá ou se fico por aqui, acabo ficando mais tempo com a minha família, indo no médico, no banco e fazendo coisas burocráticas obrigatórias da vida adulta. Estou em falta com MUITOS amigos, inclusive da blogosfera. E isso precisa mudar. E vai mudar, @lecticia.

4 – Viajar para fora do país

Junto dinheiro sem fim pra viajar e nunca faço isso. Tenho medo de me faltar grana pra comer, pra pagar o aluguel, de eu ter que voltar pra Santos (de novo) e de abandonar todos os meus sonhos aqui na capital. Sempre digo que vou fazer algo por mim, que a gente trabalha pra ter uma recompensa sobre aquilo que faz, mas olha, não consigo. Acho que esse, de todos, é o meu maior fantasma: o medo de não ter ninguém para contar além de mim. Esse ano, PRETENDO MESMO, viajar para fora do país, nem que seja uma semaninha. Tô carecida.

5 – Trabalhar com moderação

Sou viciada em trabalho e amo o que eu faço. Entro cedo, saio tarde e, olha só, adoro. Gosto das pessoas, do local, de ter que ter sempre ideias malucas pra diferentes clientes, de escrever, escrever, escrever. Mas sei que na vida é preciso agir com moderação. Então, esse ano, quero cumprir horários.

6 -Mudar (finalmente) o layout desse blog

É. Tá precisando.

7 – Começar a praticar uma atividade física com força de vontade

Já tô com preguiça dessa meta.

8 – Parar de tomar refrigerante

Todo o ano, desde 1999, digo que vou parar, definitivamente, de beber refrigerante. Não bebo muito, mas gosto muito. Na hora que penso em parar me dá um mini heart attack. Se isso não configura vício, não sei o que mais pode significar.

9 – Falar menos, ouvir mais

Falo muito gente. Jesus. Escuto também, mas acho que devo ser uma ouvinte melhor em 2014 por motivos de: quanto menos eu falar, menos problemas também eu terei. Seja em dar conselhos, seja em acabar deixando escapar alguma opinião polêmica, etc, etc. É melhor pensar antes de falar. É melhor, aliás, PENSAR. E só.

10 – Ouvir mais música de qualidade

Amo música ruim, sou uma trash hunter. Se você me pergunta de Molejo ou de Valeska sou uma enciclopédia, mas num sei nada sobre Beatles. Isso não é socialmente aceitável, sabe? Sofro preconceito. Preciso conhecer também aquilo que há de bom no mundo. Passou da hora.

11 – Viver offline com gente do mundo online

Chega de Whatsapp, vamos tomar um chopp. A vida acontece ao vivo, pessoal, vamos aproveitar mais os meios online pra combinar os rolês offline e conhecer um sem número de gente LIIINDAAAA que essa internet aproximou, vamos?

12 – Ser mais amiga dos meus leitores

Escrevo, escrevo e acho que não sou suficientemente participativa com vocês. Nunca fiz concurso, dei presente, nem sei muito sobre aquilo que vocês (se é que tem alguém aí do outro lado) gostam de ver por aqui. My bad, pessoal, juro que mudarei.

13 – Não acumular roupas limpas fora do varal

Eu odeio roupa suja acumulada, então estou sempre lavando tudo. Daí acabo acumulando a roupa LIMPA em algum canto da casa, geralmente no banquinho do meu quarto. Resultado: todas as minhas blusas tem aparência de que foram tiradas da garrafa e, obviamente, morro de preguiça de passá-las. Isso precisa mudar.

14 – Dormir

De vez em quando é bom.

 

ACHO QUE É SÓ.

 

Esses outros blogs também participaram da blogagem coletiva óh:

Chat Feminino ◦ Elfinha ◦ Pão de Queijo sz ◦ Li Garone ◦ Rebel Alien ◦ El Ropero ◦ Poly Pop ◦ Coração Pirata ◦ Nerdiva ◦ Tirei 20 no Amor ◦ Entorpecendo ◦ Sernaiotto ◦ Juh Claro ◦ Lidiane Dutra ◦ Borboletando ◦ My other bag is Chanel ◦ Devaneios ◦ Meu Palanque ◦ Isis Sousa ◦ Não tem tempo ◦ Kakau com limão ◦ Avec Mes Louboutin ◦ Tudo Combinado ◦ Pequenina Vanilla ◦ Babee ◦ Pode chamar de Duds ◦ Douceur de Mon Monde

 

Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots, um grupo de blogueiros saudosistas que resgata a velha e verdadeira paixão por manter seus diários virtuais. Quer participar? Então faça parte do nosso grupo no Facebook e inscreva-se no Rotation.

Você também pode ler

5 Comentários

  1. Adorei. Como a minha meta número 1 como sempre é voltar a escrever vou aproveitar a sua ideia e fazer a minha lista completa…. e ei, eu AMO alface. Sério. 😀

  2. Fernanda, JURA???

    Vou levar vc de exemplo pra vida! HAHAUAHAUHUAHAUHUAHA!! Num gosto mesmo de alface, mas é preciso, né? E escreve mais sim, mulher! Por favor! Vamos melhorar a blogosfera! =D

  3. Nossa, nem me fala, Camyli!!! Sou doida por refri, mas é que nem alface… Temos que fazer alguns sacrifícios! HUAHUAUAHUAUAH… Ou comer, ou deixar de comer!! Né?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *