não pode.

Já ouviram dizer que quanto mais uma coisa é proibida mais ela desperta interesse? Vem daí as grandes motivações para trair, para se envolver com o melhor amigo do ex-namorado, para paquerar o cara casado e, enfim, acabar se afundando na curiosidade nociva.

Acho que na vida tudo é possível. Acho que há amor verdadeiro em meio ao caos. Inclusive, acredito que nada se dá por acaso e que o modo que conhecemos as pessoas pelas quais nos interessamos pode ser esquisitíssimo, mas também pode funcionar. O problema é quando perdemos o interesse no momento em que conquistamos os nossos feitos. Quando não sabemos mais lidar com aquele troféu que parecia ótimo no momento que subimos ao pódio, mas que, depois, passa só a ocupar espaço e a não combinar, em nada, com a decoração.

Pessoas que se apaixonam por seus primos de primeiro grau. Filhas que são paqueradas pelo namorado da mãe e vice-versa. Homens que se descobrem gays, mas estão há tantos anos em relacionamentos héteros que quando vêem uma oportunidade de se assumir, não pensam duas vezes. Somos bombardeados com possibilidades exóticas o tempo todo, quem nunca soube do vizinho, do amigo ou do parente distante que cometeu uma loucura por amor? Por desejo? Por tesão? Ou pelo tipo mais frívolo de motivação?

Conter os próprios impulsos em prol de um bem maior talvez seja uma das coisas mais difíceis de ser humano.Vale MESMO a pena, causar um reboliço tremendo para viver situações de profundo descontentamento em seguida? Ou vale a pena manter sua situação atual e ser infeliz com a vida que leva por medo de ousar?

A resposta está dentro de você. E no quanto você está disposto a magoar os outros para ser feliz por pelo menos um dia.

 

Você também pode ler

2 Comentários

  1. Poutz, há pouco tempo, estava nessa situação entre oq meus hormônios gritavam e oq meu bom senso dizia… Estava a fim de um cara q namora e foi difícil, pq ao mesmo tempo q queria ficar com ele, pensava “e se eu der em cima dele, ele terminar e a gente não der certo?”. Fui dando tempo ao tempo e acabei deixando pra lá, quero algo menos complicado pra minha vida! rsss
    Conquistar uma coisa qndo ela é difícil é uma delícia, mas acho mais gostoso viver o possível, o tranquilo (anos de desilusões ensinam!).
    Bjocas Ericka, mandando muito bem como sempre!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *