orgulho.

Quantas coisas precisamos perder para entender que os problemas moram dentro da gente?

Admito que as pessoas sejam egoístas e ciumentas. Admito também que não gostem de cachorros, que tenham mal humor quando sentem fome e que sintam um pouco de inveja vez ou outra. Consigo entender que alguém possa ser avarento ou guloso, consigo compreender e aceitar quase todos os sentimentos ruins, mas não o orgulho.

Não suporto quem não consegue ouvir o outro e entender seu ponto de vista, alguém que não muda de idéia e que prefere humilhar a entrar em consenso. Acho triste, na verdade. As pessoas orgulhosas, na minha opinião, são aquelas que não conseguem manter a companhia de ninguém por um longo espaço de tempo porque dentro delas não há espaço para mais nada além do próprio ego. Quem é realmente orgulhoso não consegue escutar ninguém que ama, nem pai e mãe, porque é bom demais para aceitar críticas.

O orgulhoso, na verdade, enche-se de si porque acredita que ninguém mais o admira. E todos se enchem de tanto que ele se esforça pra provar que é tudo que acredita ser. Ainda acho que é melhor ser feliz que ter razão.

 

“Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus.”
Mateus 5:3

Você também pode ler

9 Comentários

  1. Sou orgulhosa mas não assim.
    Acredito no que faço e que sou boa em muitas coisas, mas que eu saiba isso não interfere nos meus relacionamentos…

    enfim, fiquei na duvida agora. hahaha

    =*

  2. Eu sou orgulhosa. E não me orgulho disso. Odeio gente orgulhosa demais, que não sabe se controlar.

    “Ainda acho que é melhor ser feliz que ter razão.”
    Frase brilhante.
    Beijos.

  3. Discordo que o orgulho seja um problema, pois é muito bom exaltar o valor que há em si mesmo. O problema em minha concepção mora na estupidez do sujeito, quando passa a agir de um modo que ele não é, acreditando em uma falsa concepção de si mesmo. Isso é o que leva a machucar outras pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *